Saudades e Agradeçimentos

Postado por Jacqueline Aparecida , domingo, 28 de novembro de 2010 19:19



Bom Galera, estou aqui de volta a ativa!
Como havia falado, meu livro  foi lançado, dia 26 de novembro com participação de todos os terceiros. 
Então, vamos ao meu texto...

Saudades e Agradeçimentos


      Eu tenho saudades de tudo que marcou a minha vida. Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudades... Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei. Sinto saudades da minha infância, sinto saudades do presente que não aproveitei de todo. Pego-me lembrando do passado e apostando no futuro.
      Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei, de quem disse que viria e nem apareceu. De quem apareceu correndo, sem tempo de me conhecer direito, de quem nunca vou ter oportunidades de conhecer. Sinto saudades dos que foram e de quem não me despedi direito, daqueles que não tiveram como me dizer adeus. De gente que passou na calçada contrária á minha vida.
       Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que, não sei aonde, para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi...Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades em japonês, em russo, em italiano, em inglês, mas minha saudade, só fala português.
        Aliás, na nossa vida, precisamos de uma coisa que eu sei não possuir preço, mas infelizmente para muitos ela tem, e poucos conseguem, realmente, a saborear da forma pura... Falo daquilo que não cobra nada, que não tem valor material, mas é capaz de enriquecer a alma de quem está próximo, mudando toda uma trajetória de vida e principalmente o carinho, o respeito e acima de tudo o amor. A AMIZADE VERDADEIRA, a melhor coisa do mundo. Cito um trecho de uma música a qual me faz lembrar de todos os meus amigos e principalmente de uma prima querida, que considero muito: “Sabe, já faz tempo que eu queria te falar, das coisas que trago no peito. Saudade, já não sei se a palavra certa para usar, ainda lembro do seu jeito...”
        Ao longo da minha vida, aprendi que há momentos em que a nós nos perguntamos o por quê que as coisas são do modo que são. São nesses momentos, que paramos para refletir sobre o real sentido de tudo, descobrindo assim as certezas e as incertezas da vida, que viemos carregando desde sempre. Queria agradecer e, principalmente, dizer: Obrigado, pai, mãe e irmão por me darem força e sabedoria, para chegar onde estou hoje, e agradeço a Deus por todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito.
       E aos mestres da vida, nossos professores... Sabendo que a primeira lição do saber é saber amá-los. Nestes três anos que estudei no ápice, fiz muitos amigos, e nunca quero perder essas amizades que construí. Independente da distância, espero que nosso contato nunca se perca, pois onde Deus uniu ninguém separa. Meus amigos e minhas amigas, que agente não perca a vontade de sermos GRANDES mesmo sabendo que o mundo é pequeno, e acima de tudo, que agente jamais esqueça que Deus nós ama infinitamente! 



Um dia você aprende...

Postado por Jacqueline Aparecida , domingo, 29 de agosto de 2010 11:29


Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!" 
William Shakespeare

Especial. " A Exceção e a Regra"

Postado por Jacqueline Aparecida , sábado, 21 de agosto de 2010 18:55


"A Exceção e a Regra" de Bertolt Brecht
Teatro lotado. Em cena, os 23 participantes da 4ª edição do Projeto Oficina de Teatro, da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), que levaram para o palco do Rondon Pacheco, na noite desta segunda-feira (16), o espetáculo “A Exceção e a Regra”. Durante uma hora, o texto de Bertolt Brecht evidenciou a dedicação e o talento dos alunos, emocionou e divertiu o público e destacou o empenho da Secretaria Municipal de Cultura  em trabalhar o teatro na formação cultural e social de jovens e adultos. O espetáculo “A Exceção e a Regra” foi escrita pelo alemão Bertolt Brecht, considerado um dos grandes nomes das artes cênicas mundial. Conhecido por escrever textos com enfoque crítico, Brecht aborda em “A Regra e a Exceção” temas que até hoje são atuais na opinião da diretora Ana Carla Machado. “É a saga de uma caravana no deserto, onde os personagens enfrentam situações em que eles se deparam com questões de poder, justiça e sobrevivência. Além do intuito de levar o público à reflexão, a peça também foi escolhida pela riqueza do texto, algo que deve ser mais trabalhado nos palcos”, destacou a diretora.A apresentação contou com recursos cênicos de uma montagem profissional. “Cuidamos de todos os detalhes, como som, iluminação, figurino e maquiagem. Foi um exercício de apresentação pública que me deixou muito feliz com o resultado”, disse a diretora artística da peça, Ana Carla Machado. (Jornal Band)
Gente pode ir ao teatro prestigiar duas amigas que estavam na peça, gostei muito de tudo, fiquei empressionada. Quero parabenizar minhas amigas Anna Cláudia e Jaqueline Cardoso que estavam encenando, e só tenho que agradeçer por tamanha emoção!
Parabéns amigas, continuem brilhando cada vez mais.
Termino a postagem aqui, gente ando meio sem tempo pra ficar postando, mas eu não esqueçi de vocês viu.
Beeeeeijoooooooooos.
 

Ano Passado

Postado por Jacqueline Aparecida , segunda-feira, 16 de agosto de 2010 19:09



Já repararam como é bom dizer "o ano passado"? É como quem já tivesse atravessado um rio, deixando tudo na outra margem...Tudo sim, tudo mesmo! Porque, embora nesse "tudo" se incluam algumas ilusões, a alma está leve, livre, numa extraodinária sensação de alívio.Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações? Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado. Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais. Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal". Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..
E lembra-te:
"Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão"

Como o combinado, estou postando...espero que vocês tenham gostado da postagem. Estou aceitando sugestões pro blog. Então...
Bjos&abraços ;*

Nasci pra Tentar

Postado por Jacqueline Aparecida , sexta-feira, 13 de agosto de 2010 21:21


Bom Galera, o nome dessa postagem vem por causa de uma musica internacional chamada Born To Try, vou postar a tradução aqui galera, pois gostei muito e tem tudo haver com o blog! Vamos lá...

Nasci pra Tentar
Fazendo tudo que eu acredito,
Seguindo as regras que eu aprendi
Mais compreensão do que está em torno de mim,
E protegida pelas paredes do amor.
Tudo que você vê sou eu,
E tudo que eu realmente acredito.
Por isso eu nasci pra tentar,
Eu aprendi a amar,
Ser compreensiva,
E acreditar na vida.
Mas você tem de fazer escolhas,
Ser certo ou errado.
Algumas vezes você tem de sacrificar as coisas que você gosta.
Mas eu nasci pra tentar
Nenhuma razão em falar o que você deveria ter sido,
E lamentar as coisas que passou.
A vida esta cheia de enganos, destinos e verdades.
Remova as nuvens e olhe a grande paisagem.
Tudo que você vê sou eu,
E tudo que eu realmente acredito.
Por isso eu nasci pra tentar,
Eu aprendi a amar,
Ser compreensiva,
E acreditar na vida.
Mas você tem de fazer escolhas,
Ser certo ou errado,
Algumas vezes você tem de sacrificar as coisas que você gosta.
Mas eu nasci pra tentar
Tudo que você vê sou eu,
E tudo que eu realmente acredito.
Tudo que você vê sou eu,
E tudo que eu realmente acredito.
Por isso eu nasci pra tentar,
Eu aprendi a amar,
Ser compreensiva,
E acreditar na vida.
Mas você tem de fazer escolhas,
Ser certo ou errado,
Algumas vezes você tem de sacrificar as coisas que você gosta.
Mas eu nasci pra tentar
Mas você tem de fazer escolhas,
Ser certo ou errado,
Algumas vezes você tem de sacrificar as coisas que você gosta.
Mas eu nasci pra tentar ..

Espero que vocês, tenham gostando, vou ficar meio ausente nesse final de semana por motivos de viajem mas prometo que na segunda estarei postando aqui, concerteza!
Beijos queridos Leitores.

Selo da Qualidade (Aprovação)

Postado por Jacqueline Aparecida , quarta-feira, 11 de agosto de 2010 20:28

 
Selo da Qualidade (Aprovação)
- Esse Selo foi criado com intuito de parabenizar todo aquele blog com conteúdo bom e de ótima qualidade!

Siga os seguintes passos:
Obrigado por me dar o selo______________ do blog____________________
E indicarei para dez blogs a qual gosto muito:
As regras são:
-Exibir a imagem do selo
-Exibir o link do blog que você recebeu a indicação [que no caso será o meu]
-Escolher blogs para a indicação, e avisá-los!
Vamos lá. Os 10 blogs indicados são:

Bom Galera, garante o seu!
Beijos e Boa Noite a todos os Blogueiros.

Velha Infância

Postado por Jacqueline Aparecida , terça-feira, 10 de agosto de 2010 20:19


 Titulo da postagem de hoje vem de uma musica muito conheçida 'Velhaa infância' e por acaso numa pesquisa de opinião minha amiga me concedeu esse nome e o significado do mesmo.Obrigado Carol!

Velha Infância
De repente
Ao lembrar dos brinquedos queridos
Que ficaram esquecidos
Dentro do armário
Me bate uma saudade
Me bate uma vontade
De voltar no tempo
De voltar ao passado
Mas nada acontece
Nada parece acontecer
E eu choro
Choro como o bebê que fui
E a criança que quero voltar
A ser criança
Da gente brincar
Da nossa velha infância
Não quero cresçer,
Não hoje, 
Talvez, daqui algum tempo.

Bom, vou tentar ao maximo atualizar meu blog frequentemente...
Então é isso!
Boa Noite Pessoal.



Dia dos Pais

Postado por Jacqueline Aparecida , domingo, 8 de agosto de 2010 10:57


Pai, pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo pra gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos, pai e filho talvez

Pai, pode ser que daí você sinta, qualquer coisa entre esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz....

Pai, pode crer, eu tô bem eu vou indo, tô tentando vivendo e pedindo
com loucura pra você renascer...

Pai, eu não faço questão de ser tudo, só não quero e não vou ficar mudo
Pra falar de amor pra você

Pai, senta aqui que o jantar tá na mesa, fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensina esse jogo da vida, onde a vida só paga pra ver

Pai, me perdoa essa insegurança, é que eu não sou mais aquela criança
Que um dia morrendo de medo, nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu

Pai, eu cresci e não houve outro jeito, quero só recostar no teu peito
Pra pedir pra você ir lá em casa e brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar

Pai, você foi meu herói meu bandido, hoje é mais muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho, você faz parte desse caminho
Que hoje eu sigo em paz
!


 "Muitos filhos só entenderão que deveriam ter conhecido e amado mais seu pai no dia em que ele fecharem os olhos para sempre."

Pai, nessa data tão especial gostaria de agradecer por tudo que você fez e faz até hoje. Você é essencial em minha vida! Te amo para sempre! Parabéns pelo seu dia. 
 A todos, os pais do Brasil e do mundo.
Agradeçimento, Blog Ideias Quiméricas.

Felicidade

Postado por Jacqueline Aparecida , sábado, 7 de agosto de 2010 10:47


É você já pensou no sentido da palavra "felicidade"?
Talvez sim, talvez não
Geralmente, o que ser ouve é que a felicidade não existe, que o quê existem são apenas momentos felizes.
Ai lhe pergunto: será mesmo?
Será mesmo que algo tão grandioso como a felicidade consiste apenas em coisas tão transitórias?
Estará na felicidade apenas num carro novo?
Estará a felicidade numa viagem pela Europa?
Estará a felicidade numa casa nova?
Estará a felicidade no encontro de alguém que ‘fará’você feliz?
Na Verdade, a felicidade real e concreta está dentro de nós.
Só que, para reconhecê-la como verdadeira
Faz- se  necessário uma analise de vida
Você já reparou nas coisas boas que o cercam?
Já notou como, todos os dias, tantas coisas boas acontecem?
Já observou que a vida é um fluir contínuo como as águas de um rio,no qual você navega só que muitas vezes, contra corretenza?
Estar alegre pode ser passageiro, mas estar é eterno é não depende de nada.
Basta apenas que você olhe para dentro de si mesmo que acredite  em tudo  o que pode realizar , naquilo que pode construir .
Apenas a dar valor a você, as sua qualidades e esses dons especiais que ganhou no “kit eu” quando você nasceu.
Quanta coisa desenvolveu sozinho?
 Quantas vitorias já conseguiu em sua vida, sem a ajuda de ninguém...
Você certamente  é uma pessoa feliz, e não sabe . Não sei se minhas observações estão corretas, mas escrevo  e falo aquilo  que sinto. E sinto que a vida se apresenta muito simples. Conviver com outras pessoas talvez seja o mais complexo.Conviver consigo mesmo pode ser mais delicado. A primeira amizade é feita com agente mesmo. Você já fez amizade consigo? Você é sua amiga ou seu amigo de verdade? Será que está a seu favor ou contra si mesmo? Tudo bem, viver não obedece a nenhum manual de instruções ou fita de vídeo. Agente já nasce sabendo. Vem de dentro, vem da inteligência nata, daquela coisa de se Ter o entendimento de saber que a vida é arte e não um continuo sofrimento. Então, que tal ser feliz de verdade?  Que tal valorizar-se  enquanto ser vivente, não importa seu grau de humanidade. Lembre de que dentro de você  existe um mundo vivo... Que tal jogar fora os valores antigos, que fazer parte de uma velha mobília da qual tem medo de se desfazer, pois toda transformação implica em perda e você tem medo de mudar? Descubra a felicidade dentro de você, e buscar aceita-lá sem medo Sem medo de sorrir muito hoje e chorar amanhã. Sem medo de demonstrar para as outras pessoas a alegria natural  do seu coração e que muitas vezes incomoda muita gente.Sorria com freqüência! Acorde de manhã de bom humor! Quando perguntarem como vai, diga que está cada vez melhor! Assuma a condição de ser feliz de verdade. Você as vence, certeza!
E mais um recadinho: manifeste essa condição de ser feliz de forma permanente em tudo aquilo que fizer.Felicidade é transmissível! Pense nisso... Para você meu leitor, muita felicidade 
Fico por aqui, e desculpe por abandonar o blog, estou sem tempo...mas vou tentar atualiza toda semana.
Tchaauzinhoo...

Ser Grande...

Postado por Jacqueline Aparecida , quarta-feira, 21 de julho de 2010 11:39

Olá Pessoal, td bem com vcs?!
Bom, hoje esse teexto não foi escrito por mim, achei ele interessante e resolvi postar ele aqui.
Vamoos lá...


Ser grande não é ter orgulho,nem vaidade
Ser grande é vencer barreiras, sem temer obstáculos
Ser grande é ir à luta, ser vitorioso, não um colecionador de troféus.
Ser grande é amar ao próximo, respeitando seus erros e defeitos
Ser grande não é ser pequeno em atitudes ou palavras
Ser grande é estar em paz... em estado de graça
Ser grande na grandiosidade da palavra ou talvez, na grandeza do
significado...
Ser grande é temer a Deus, sem achar-se invencível ou imortal
Ser grande é não esquecer de onde se veio...
Ter propósitos, idealizar coisas...
Ser grande é tentar ser perfeito, mesmo com imperfeição...
Ser grande é ter ambição e não ganância...
Ter humildade, respeito por si mesmo...
Ser grande é viver cada momento...
E, acima de tudo amar a Deus
Pois só Ele é digno de toda a honra e toda a glória
E através Dele ser realmente GRANDE. (Autor Desconheçido)

Espero que vocês tenham gostado, se vocês quiserem algum tema no qual falar e so deixar um comentário!
Boa Tardee, e Beeijos&Abraços

Amigos

Postado por Jacqueline Aparecida , quinta-feira, 15 de julho de 2010 19:25


"Sem amigos ninguém escolheria viver, mesmo que tivesse todos os outros bens."


Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade. E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!



Família

Postado por Jacqueline Aparecida , terça-feira, 13 de julho de 2010 13:12

Boa Tarde Pessoal, esse post vai em agradeçimento aqueles que amam agente como somos.Nossos Pais.
Vamos lá... Vou começar essa postagem com um trecho de uma musica...

'Percebe e entende que os melhores amigos
São aqueles que estão em casa, esperando por ti
Acredita nos momentos mais difíceis da vida
Eles sempre estarão por perto pois só sabem te amar
E se por acaso a dor chegar, ao teu lado vão estar
Pra te acolher e te amparar.
Pois, não há nada como o lar'

Você pode ter milhões de amigos, milhões de namorados, milhões de fases, milhões de qualidades, milhões de defeitos, mas no fim, quem vai estar do seu lado em todas as suas atitudes, não importa o seu jeito ou o que você faça, que vai te aceitar do jeito que você é, é a sua família. Eu aprendi que o melhor brinquedo é a sua família. Brinquedos vivos, que dão e recebem que nos fazem crescer e crescem também pelas nossas mãos. Que se transformam depois em grandes amigos para toda a vida, em companhia sempre presente de qualquer maneira. Em algo que fica quando se perde tudo aquilo a que nos conduziu a nossa loucura, quando se perde o que o tempo nos vai levando. A vocês, que nos deram a vida e nos ensinaram a vivê-la com dignidade, não bastaria um obrigado. A vocês, que iluminaram os caminhos obscuros com afeto e dedicação para que os trilhássemos sem medo e cheios de esperanças, não bastaria um muito obrigado. A vocês, que se doaram inteiros e renunciaram aos sonhos, para que, muitas vezes, pudéssemos realizar os nossos. Pela longa espera e compreensão durante nossas longas viagens, não bastaria um muitíssimo obrigado. A vocês, pais por natureza, por opção e amor, não bastaria dizer, que não temos palavras para agradecer tudo isso. Mas é o que nos acontece agora, quando procuramos arduamente uma forma verbal de exprimir uma emoção ímpar. Uma emoção que jamais seria traduzida por palavras.Posso dizer que sou uma pessoa de grande privilégio, pois tenho a melhor família que alguém poderia ter. Tem as pessoas mais loucas, mais retardadas, mais felizes, mais unidas, mais amadas. Estando com eles, seja como for. Termino essa postagem com o refrão da música que começei essa postagem.
'Tua família volta pra ela
Tua família te ama e te espera.
Para ao teu lado sempre estar
Tua família volta pra ela
Tua família te ama e te espera
Para ao teu lado sempre estar' (Anjos de Resgate-Tua Familia)

Espero que vocês tenham gostado...
Beijos&abraços meus queridos leitores!

Ao Tempo...

Postado por Jacqueline Aparecida , domingo, 4 de julho de 2010 18:41


Boa Tarde, meus queridos Leitores! Tudo bem com vocês?!

Hoje eu sei porque a um tempo atrás eu não fui embora,não fui porque temia sentir essa dor que estou sentindo agora...Temia dizer adeus!
Difícil olhar para trás e saber que o tempo não retorna.
Difícil e conseguir andar pra frente quando você perde o motivo pelo qual caminha.
Difícil não entender e tentar explicar.
Difícil e perder e não poder chorar.
Difícil e saber e não querer acreditar.
Às vezes não basta um adeus para uma despedida.
Às vezes e preciso mais que um deixar de pensar pra si esquecer
Às vezes não resta mais nada a fazer, mas ainda resta uma esperança.
Às vezes deixar de pensar não leva ao esquecimento
Às vezes ser politicamente correto não vai mudar o mundo
Tem dias que o sol nasce, tem dias que não.
Tem horas que passam despercebidas, mas tem horas que não passam.
Tem momentos totalmente especiais, mas tem momentos muito insignificantes.
Tem sentimentos alegres, mas também tem os sentimentos de tristeza.
Parte-me o coração, mas é assim que tem que ser.
Não adianta alimentar esperanças com causas perdidas.
Palavras que foram ditas simplesmente por dizer, sentimentos que nunca existiram e que me fiz envolver...Tudo tem seu preço
Na vida precisamos inovar novos caminhos.
E eu ainda sou um mero aprendiz....

Espero que vocês todos tenham gostando, estarei apartir de agora postando com mas frequência! 
Beijos&Abraços.



Decepção

Postado por Jacqueline Aparecida , sexta-feira, 18 de junho de 2010 17:24


Meus Queridos Leitores, estive meio ausente com meu blog, mas estou de volta com um post muito interessante.
Decepção?!
Cansada desse mundo de mentiras, as pessoas se fazem de amigas mais no fundo na hora de mostrar que são mesmo são as que mais te decepcionam, às vezes chegamos a acreditar nas palavras e achar que por serem ditas pelas pessoas que se dizem amigos, amigos que muitas vezes não passam de ‘falsos amigos’; tem um imenso valor, depois de brigas, momentos ruins, descobrimos que no fundo, essas palavras eram só mentiras, as pessoas, eram apenas pessoas sem o mínimo escrúpulo que tentam ter caráter mais isso a gente não compra e nem tenta ter a gente cria e é desse caráter que somos feitos, uns tem bom caráter e outros um caráter ruim, não estou aqui pra julgar ninguém, apenas para mostrar a minha total decepção com as pessoas, com esse povo, com esse mundo! Essas pessoas são leões que escondem as suas garras e quando as suas presas menos os esperam atacam e machucam, ferem, magoam, e deixam feridas que às vezes nem o tempo apaga! Hoje em dia raramente os “eu te amo” ditos por ai são de verdade, devemos com um coador coar as pessoas que estão ao nosso redor selecionar quem devemos conviver, quem fará o nosso bem, quem será verdadeiro com a gente, é difícil isso pois não somos videntes e nem adivinhas ainda não temos a capacidade de nos proteger dessas pessoas que diante de apenas um erro, uma má seleção e essa pessoa poderá tornar um inferno a sua vida, te fazer sofrer, chorar e no final se perguntar como eu fiz tamanha burrada de acreditar naquelas palavras que pareciam tão verdadeiras, tão puras mais que apenas me machucaram. Devemos parar para refletir nossos atos, muitas vezes quem você diz amar talvez seja a pessoa na qual você mais faça sofrer, esse amor que você diz ter passa a ser no pensamento de quem você magoou apenas uma grande mentira, pense milhões de vezes antes de fazer, dizer, agir de uma forma que atinja quem você ama, pois palavras muitas vezes doem muito mais muito mais que atos, palavras machucam! Pense hoje, pois amanhã pode ser tarde de mais. A e no final? No final... a gente quebra a cara, sofre de mais, chora muito, muito mesmo, e sabe o que acontece? Tentamos aprender mais as vezes acabamos errando de novo, acreditando nas pessoas e assim vivemos e levamos a vida.
Fico por aqui com essa postagem, e um bom restinho de semana e um otimo final de semana! Beijos&abraços

Sonho e ser Sonhador

Postado por Jacqueline Aparecida , quarta-feira, 26 de maio de 2010 18:51


Boa Noite, queridos leitores...estive meio sem tempo de postar, mas como de prometido essa postagem e muito importante pra mim,vamos lá?!

No dicionário, o significado de sonho é: idéias ou imagens que se apresentam ao espírito durante o sono, fantasia, desejo ardente.
O que significa o “sonho pra mim”?
Às vezes sonhamos coisas tão irreais, que parecem tão reais... Quando dormimos nosso mente se desliga do mundo que vivemos e com isso nossa mente fica num espaço escuro e num vazio. Com o passar da noite, atingirmos sonhos que às vezes são coisas tão absurdas ou até coisas felizes que não acontecem na vida real da gente.
Sonhar ou ser um Sonhador?
 ‘O verdadeiro sonhador é aquele que sonha o impossível’
Bom, acho que está frase já diz tudo, eu sou um pouco de cada, gosto muito de sonhar que as vezes minha mãe fala pra mim parar de sonhar coisas tão fúteis pra ela, mas tão especiais pra mim.Posso dizer que sou uma sonhadora muito custosa viu, as vezes fico pensando m tantas coisas que já fiz, sendo uma sonhadora, no dicionário a palavra sonhador quer dizer: que, ou o que sonha, tenho duas teoria dentro de mim, é tudo muito complexo e outra que as vezes é muito melhor ser um eterno sonhador.
Seja um eterno sonhador, a utopia é o combustível para as grandes realizações, acredite nas pessoas apesar de muitos semelhantes lhe provarem o contrário, sou romatica, a ponto de acreditar em Tim Maia quando diz ‘... não quero dinheiro, eu quero amo sincerto, é isso que eu espero...’

Fico por aqui, e espero que vocês tenham gostado!
Beeeijooooooos ;*

Sonho do Primeiro Amor!

Postado por Jacqueline Aparecida , quarta-feira, 19 de maio de 2010 19:20


Primeiro Amor Existe?

Todo mundo já teve um primeiro amor né... o último a gente nunca saberá qual é, mas o primeiro será sempre inesquecível. O primeiro amor é aquele que faz você suar frio, ficar quente, eloqüente, inconseqüente. Ele é sempre jovem, forte e vibrante. Por mais que tudo tenha dado errado e tenha sido mais que desajeitado, o primeiro amor é sempre cor de rosa, traz boas lembranças, promessas, poemas e prosas. Alguns também trazem boas risadas... O primeiro amor é uma explosão de hormônios, sentimentos inconstantes, intrigantes, interessantes, porque é a descoberta do desconhecido, o desbravamento do território virgem e nunca explorado com tantas sensações de prazeres. O primeiro amor é eterno, é um marco, mas no primeiro momento que achamos que não é, o primeiro amor é a morte, um sofrimento de posse e quase um deboche. O primeiro amor pode ser uma breve, eterna ou única história, pode ser até mesmo a última esperança, no espaço de um hiato, perdido no espaço, que liga a juventude à velhice na luxúria de amar um amor que é só meu, e é só seu... primeiro amor, tá eu acredito em primeiro amor! e vc acredita?


Bom Galera, espero que vocês tenham gostado dessa postagem.Estou com várias ideias pro blog.

Fiquem com Deus meus queridos leitores e blogueiros!


Escrito á Ventania ...

Postado por Jacqueline Aparecida , sábado, 15 de maio de 2010 20:42


Boa Noite, meus queridos leitores!
Estou aqui com o texto de outra amiga minha, estou cumprindo o que eu falei nos post passado, com o passar do tempo vou colocar esses texto aqui, vamo pará de falar e comeeçar...

Para eu redigir um texto, vem no ar. A brisa traz letras, quando muito palavras. O assunto não o há, mas a vontade de juntar estas letras faz com que ele apareça. Seja sobre o nada, sobre um passarinho que voa, ou o cão que ladra. As folhas a serem escritas se divertem com qualquer rabisco. Um sorvete para uma criança, dinheiro para um empresário, filhos para uma mulher. São como palavras para um papel. Um leitor para um livro.

Os objetos não falam, não riem, e muito menos pensam. Para os racionais, pelo menos, não. Mas ser racional, no sentido de acreditar somente no real, é chato. Extrapolar, falar com animais, conversar com plantas, acreditar que objetos têm sentimentos, é achar que a vida é mais do que viver. Viver não é respirar e comer, é também sonhar e ser irracional, mas irracional naquele sentido de imaginar absurdos, como objetos que choram.

Como o ar é irracional, soltou palavras sem nexo e criei um texto absurdo. Mas o importante é saber que esta folha esta a se amassar de rir, rir por satisfação. E o que tem se ela poderá ser rasgada e parar em uma lixeira? A única coisa que esta folha sempre desejou hoje se realizou, e ela estará feliz até o fim.

O vento não conhece o final. Como ele não faz curva, acha que tudo é retilíneo, e infinito. Pobre das folhas, que conhecem seu final, e o escritor um dia para de escrever. Um dia o sorvete derrete, o dinheiro é gasto e o filho cresce e vai embora. O lápis também acaba, e a lua bate á porta, nos convidando para dormir. Sono que será aproveitado a luz de estrelas e sob o olhar da vida. E este pequeno texto foi escrito á maneira do vento, para a mente irracional destas loucas pessoas felizes.

Agradeço a professora Chírli, por nos ter ensinado o sabor da escrita, e a importância da maravilhosa língua portuguesa. Se um dia escreverei um livro, fica gravado que este texto foi o grande inspirador desta tramóia. Obrigado!


Esse texto foi escrito, pela minha amiga Anna Cláudia. Então eu fico por aqui, prometo que no proximo post estarei um assunto muito interessante sobre o real sentido do sonho para nós!
Tchau galerinhaa :D

Sonhos de Crianças...

Postado por Jacqueline Aparecida , terça-feira, 11 de maio de 2010 19:19





Galera! Estou postando uma foto da minha turma de 3ª colegial. Esse dia foi bastante engraçado e ao mesmo tempo muito feliz, claro né?! Como de costume, nossa escola faz trotes para se descontrair no terceiro ano. Este trote foi o de "Criança", já imaginaram a festa que fazemos nesse dia. Vamos Lá...

Quem nunca sonhou em ser criança de novo?!?!

Quando éramos crianças sempre sonhamos em ser grande na vida, ser adulto né....mas como de costume, todos nós sentimos ‘saudades’ daquela época, eu sempre falo ‘agente era feliz e nem sabia’ poxa, e verdade! Quando agente era crianças tínhamos os nossos pais a todo o tempo protegendo a gente, éramos sinceros,tínhamos medos,depois que crescemos passamos a ter que encarar os desafios,apenas com o apoio de nossos pais,mas nos aprendemos a caminhar,a sofrer com obstáculos não sucedidos ,aprendemos que as vezes as nossas amizades podem nos enganar,mais acima de tudo,aprendemos que podemos ir atrás e conquistar de novo.No qual quando éramos crianças as brigas eram por coisas tal fúteis,como aquele carrinho é meu,ou Mãe minha irmã pegou minha boneca,velhos tempos que não voltaram mais.Crescemos, criamos responsabilidades maiores, pressões sobre estudos, objetivos de vida, no qual quando éramos pequeno o maximo que tínhamos era o dever de casa da escola, ou até mesmo um simples trabalho escolar.Mas quando crescemos temos que decidir qual curso tomar,qual caminho será melhor.

Mas aquele sonho de voltar a ser criança, nunca morrera dentro de nos, por mais sérios que sejamos sempre há uma criança escondida dentro de cada coração e alma de um valente adulto.Como um leão na selva, ele luta para defender seus filhotes,mas também ensina-os com brincadeiras como caçar o inimigo.

Bom, termino essa postagem....agradeçendo aos meus leitores e claro aos meus amigos que proporcionaram essa minha felicidade de voltar a ser criança. Beeeijooos&abraços!


Prêmio Dardos!

Postado por Jacqueline Aparecida , segunda-feira, 10 de maio de 2010 19:02



Obrigada,por me dar um selo : Anna Cláudia do blog mateseuprofessor
E indicarei para dez blogs a qual gosto muito:
As regras são:
-Exibir a imagem do selo
-Exibir o link do blog que você recebeu a indicação [que no caso será o meu]
-Escolher 10 blogs para a indicação, e avisá-los!
Vamos lá. Os 10 blogs indicados são:

garotapoderosa
rizoma
comunicaçãoemdestaque
criticasepensamentos
escitoateclado
ideiasporletras
sonetodeburk
Thinkofme
tirasproject
oasisdacarol

O prêmio Dardos, vem reconhecer o desempenho de blogueiros, no campo cultural, criativo e ético, tem também como objetivo estreitar laços, diminuindo assim, ainda mais as barreiras à comunicação e à amizade.

Escolhas...

Postado por Jacqueline Aparecida , quinta-feira, 6 de maio de 2010 16:19


Estou postando, um texto e uma imagem de uma amiga minha, em vários post estarei colocando esses textos, pois no final do ano estaremos lançando nosso livro. enfim, vamos lá...

Às vezes desejamos poder parar o tempo e às vezes pensamos em desistir dos nossos objetivos. Achamos que não somos o suficientemente fortes para suportar tamanha carga sobre nós. Então fechamos nossos olhos, respiramos fundo e refletimos, pois se há obstáculos é porque há soluções, e não sabemos aonde essas irão nos levar, apenas que é um caminho escuro e misterioso. Porém, no final, sempre haverá uma luz forte, que brilha como um farol, e essa luz nos mostrará o caminho certo a percorrer.No entanto, algumas vezes desejamos percorrer caminhos aonde não encontraremos uma luz ao final do túnel. E outras vezes desejamos ter experiências novas, e não sabemos verdadeiramente se essas são boas ou ruins. Porém, um dia, após algum tempo, iremos perceber que essas atitudes tomadas agora, nos deixaram marcas, que podem ser boas ou ruins, mas que nunca serão apagadas, por mais que tentemos.Aquele objetivo que alcançamos com sucesso futuramente irá ser um orgulho que compartilharemos com todos, mas aquele caminho aonde não encontramos uma luz ao final do túnel, ainda irá ser parte de nós, não poderemos apagá-lo e esquecê-lo, ele sempre permanecerá sendo parte de nós. Portanto, é importante que saibamos quais caminhos percorrer, para que no futuro não tenhamos arrependimentos sobre dias que jamais voltarão.

Porque não adianta chorar hoje por algo que não conseguimos solucionar enquanto ainda podíamos. É importante seguir em frente.(Thays Vieira Monteiro)


Espero que vocês gostem dos proximos!
Fico por aqui, Boa Taarde Leitores :DD

Metáforas da Vida...

Postado por Jacqueline Aparecida , sábado, 1 de maio de 2010 19:04


Bom Galera, estou postando novamente..vim deixar uma mensagem que sempre escuto quando estou pensando na minha vida sabe, é um texto do Padre Fábio de Mello,espero que vocês gostem!

Eu não sei se você se recorda do seu primeiro caderno, eu me recordo do meu.Com ele eu aprendi muita coisa, foi nele que eu descobri que a experiência dos erros.Ela é tão importante quanto às experiências dos acertos.Porque vistos de um jeito certo, os erros,eles nos preparam para nossas vitórias e conquistas futuras.Porque não há aprendizado na vida que não passe pelas experiências dos erros.O caderno é uma metáfora da vida,quando os erros cometidos eram demais, eu me recordo,que a nossa professora nos sugeria que a gente virasse a página.Era um jeito interessante de descobrir a graça que há nos recomeços.Ao virar a página, os erros cometidos deixavam de nos incomodar e a partir deles,a gente seguia um pouco mais crescido.O caderno nos ensina que erros não precisam ser fontes de castigos.Erros podem ser fontes de virtudes!Na vida é a mesma coisa, o erro tem que estar à serviço do aprendizado.Ele não tem que ser fonte de culpas e vergonhas.Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande sem que seja capaz de reconhecer os erros que cometeu na vida.Uma coisa é a gente se arrepender do que fez! Outra coisa é a gente se sentir culpado.Culpas nos paralisam. Arrependimentos não!Eles nos lançam pra frente, nos ajudam a corrigir os erros cometidos.Deus é semelhante ao caderno.Ele nos permite os erros pra que a gente aprenda a fazer do jeito certo.Você tem errado muito?Não importa, aceite de Deus essa nova página de vida que tem nome de hoje!Recorde-se das lições do seu primeiro caderno.Quando os erros são demais, vire a página!


É isso ai pessoal, estou com novas ideias pro blog, longo longo estarei postando mas novidades aquiii. Beijinhos meus queridos leitores! ;*


Coragem...

Postado por Jacqueline Aparecida , quinta-feira, 29 de abril de 2010 20:58


Se o que você está percorrendo é o caminho dos seus verdadeiros sonhos,comprometa-se com ele.Não deixe a porta de saída aberta, através da desculpa: "Ainda não é bem isto que eu queria".Esta frase guarda dentro dela a semente da derrota.Assuma o seu caminho.mesmo que precise dar passos incertos, mesmo que saiba que pode fazer melhor o que está fazendo.Se você aceitar suas possibilidades no presente, vai melhorar no futuro, mas se negar suas limitações, jamais se verá livre delas.Enfrente seu caminho com coragem, não tenha medo da crítica dos outros.E, sobretudo, não se deixe paralisar por sua própria crítica.Deus estará sempre com você nas noites insones, e enxugará com seu amor as lágrimas ocultas.Deus é o Deus dos valentes.Bom galera, espero que vocês tenham gostado. Beijos&nãomeligaacobrar ;*